Politica

“Deixa eu (sic) explicar para a senhora” – Misoginia no STF.

A sessão de 04/04/18 do STF, para o julgamento do Habeas Corpus – HC de Lula, foi ilustrativa da falta de educação de nós homens brasileiros para com nossas mulheres, especialmente quando elas estão em posição de comando ou de igualdade. Foram momentos de machismo e misoginia explícitos.

Lá pelas tantas, no final do voto da Ministra Rosa Weber, quando ficou claro que ela votaria junto com o Ministro Relator e portanto contra a concessão do HC, pularam das poltronas e quase avançaram no pescoço dela os cavalheiros Ministros Ricardo Lewandowisk e Marco Aurélio Mello. A pérola da noite veio deste último, que num arroubo de prepotência machista proclamou: “se eu soubesse que o resultado seria esse não teria deixado passar.”

A leitura do texto da jornalista Giuliana Vlone da FSP sobre o episódio é um must. E um must tão importante quanto são os comentários dos leitores, que gritam a prática cotidiana e quase protocolar dos homens considerarem que “as mulheres só criam confusão quando se metem”. Mansplaining no STF.

Segundo o artigo da FSP, logo que a Ministra foi interrompida pelos dois Ministros, que decidiram explicar a Rosa que essa não era a melhor decisão a se tomar. “Não, querida, você não está fazendo sentido, deixa eu te explicar”, era o que eles gostariam de ter dito.

A expressão “mansplaining” foi cunhada para definir de modo preciso o comportamento misógino de “explicar para as mulheres” sob a ótica masculina, claro, “o jeito certo das coisas” para que “elas possam entender a explicação”. Isto mesmo, explicar a explicação. Coisa de homem.

Confesso que fiquei envergonhado. Vergonha alheia dos Ministros, e vergonha própria de ser homem brasileiro. E fica a frase da Ministra Cármen Lúcia que, ao responder para a colega dela do STF nos EUA como funciona o mansplaining no STF do Brasil, afirmou: “lá eles nem deixam a gente falar”. Coisa de homem que tem medo de mulher, isto sim.

Uncategorized

Da série: the cow went to the swamp

No Aeroporto Santos Dumont do Rio de Janeiro, o cardápio trilingue do 14 Bis Bar e Restaurante informa: Entrecot (sic) Oswaldo Aranha em inglês é “Entrecot Oswaldo Aranha Spider.” Tradução dobrada!

Cidades

São Paulo

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vestibulum elementum elementum metus, eget vulputate odio ullamcorper eget. Donec congue mi et suscipit egestas. Phasellus feugiat, enim sit amet porttitor facilisis, odio mi laoreet leo, nec finibus tellus lorem et lacus. Phasellus gravida porta ligula, vel efficitur turpis ultrices et. Mauris id risus tortor. Etiam sit amet eros ipsum. Sed vitae ipsum porttitor, interdum nunc ut, tempor ante.

Continue lendo
Não há novas postagens
Não há novas postagens
Posts Anteriores
Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Comentários
Pesquisar